Esqueceu sua senha?

Insira o e-mail cadastrado que enviaremos as instruções

Quer receber as notícias do
Clubeonline em primeira mão?

Seu nome deve conter ao menos 2 caracteres. Quero receber informações de terceiros ENVIAR Quero ver a última edição

Enviar por email

Seu nome deve conter ao menos 2 caracteres. O nome do destinatário deve conter ao menos 2 caracteres. Digite um email válido. ENVIAR

Site oficial do
Clube de Criação

SITE OFICIAL DO
CLUBE DE CRIAÇÃO

Acesso exclusivo para
sócios corporativos:
Esqueci minha senha
Ainda não é cadastrado?
Seja Sócio do Clube de Criação

O CLUBE

LOJA

NEWSLETTER

Últimas

por Laís Prado

Agências

Depois de 8 anos

Alex Bogusky de volta à CP+B

02
agosto
2018



Alex Bogusky, que foi sócio e fundador da Crispin, Porter+Bogusky e que deixou a holding MDC Partners (dona da agência) em julho de 2010 (leia aqui), está de volta.

O CEO Chuck Porter convocou uma reunião geral no escritório de Boulder da CP+B para anunciar, nesta quinta-feira (02), o retorno de Bogusky como cofundador e chief creative engineer da agência.

Talvez não coincidentemente, o retorno acontece juntamente com a apresentação do relatório de lucros do segundo trimestre da holding. No início deste ano, o presidente-executivo do MDC, Scott Kauffman, considerou os resultados do primeiro trimestre da MDC Partners como "inaceitáveis", citando os meses de março e abril como "decepcionantes".

Ao trazer de volta Bogusky, "acho que eles estão tentando recuperar alguma mágica, chamar a atenção para a organização", disse uma fonte ao AdAge.

"A CP + B está no meu sangue e a MDC Partners continua a ser a rede onde a inovação real pode prosperar. A marca CP + B sempre teve a intenção de redefinir a publicidade, e a oportunidade de reinventar o que significa ser uma agência criativa de primeira linha é muito atraente para deixar passar. A hora é agora", declara Bogusky.

Alex começou como diretor de arte em 1989 na então Crispin and Porter Advertising. Ele ascendeu ao cargo de diretor de criação cinco anos depois, tornou-se sócio em 1997 e copresidente em 2008. Assumiu um papel na MDC Partners em 2010, supervisionando o produto criativo em todo o portfólio de agências da holding.

Após sua saída da Crispin e da MDC, Bogusky começou a se concentrar na defesa do consumidor e nas iniciativas sociais. Em 2010,  lançou "Fearless", uma consultoria de apoio ao consumidor e à sustentabilidade. Depois veio a Common, uma plataforma de código aberto dedicada à aceleração de empreendimentos sociais.

Em 2012, Bogusky voltou à publicidade, tornando-se consultor criativo e investidor da Made Movement, uma agência de marketing voltada a apoiar a manufatura norte-americana. Ele continua como investidor da operação.

Em 2013, tornou-se investidor/consultor da Humanaut, empresa sediada em Chattanooga, Tennessee, fundada pelo ex-criativo da CP+B, David Littlejohn, e por seu amigo Andrew Clark.

"O Alex Bogusky é inquestionavelmente um dos grandes criativos que a indústria já viu. Sempre à frente do seu tempo, foi pioneiro em transformar a propaganda num elemento da cultura popular", defende Marcos Medeiros, sócio e CCO da CP+B Brasil. "Com trabalhos épicos quando duplava com Chuck Porter, como 'Subservient Chicken' para o Burger King e 'Body Bags' (grande case de PR de causa) ele mostrou que era possível fazer diferente. O legado dele nos inspirou muito quando abrimos a CP+B Brasil, estamos felizes com a oportunidade de vê-lo trabalhar de perto, ainda mais agora que ele volta com esse mindset de start up que é a mesma cultura empreendedora e de inovação que implementamos aqui", completa Medeiros.
Bogusky