Esqueceu sua senha?

Insira o e-mail cadastrado que enviaremos as instruções

Quer receber as notícias do
Clubeonline em primeira mão?

Seu nome deve conter ao menos 2 caracteres. Quero receber informações de terceiros ENVIAR Quero ver a última edição

Enviar por email

Seu nome deve conter ao menos 2 caracteres. O nome do destinatário deve conter ao menos 2 caracteres. Digite um email válido. ENVIAR

Site oficial do
Clube de Criação

SITE OFICIAL DO
CLUBE DE CRIAÇÃO

Acesso exclusivo para
sócios corporativos:
Esqueci minha senha
Ainda não é cadastrado?
Seja Sócio do Clube de Criação

O CLUBE

LOJA

NEWSLETTER

Últimas

por Laís Prado

Campanhas

Uma história GeekPunk

CCPX 2018 em campanha

02
dezembro
2018



A CCXP 2018, maior evento de cultura pop do mundo em número de participantes, lança nesta terça-feira a campanha da edição deste ano, que nasce com potencial para se transformar em uma plataforma com diversos produtos. Criada pela agência in-house do grupo Omelete Company – uma das empresas sócias do evento – e em parceria com o Handquarters, estúdio do quadrinista Rafael Grampá, a comunicação é composta por dois filmes para TV, peças para OOH e impresso, além de conteúdo para as redes sociais. O primeiro filme, de 30’’, que já estava na mídia social, anuncia o evento e traz cenas do curta “Uma história GeekPunk” (A GeekPunk Story), com 8’11 de duração.

No ano passado, a CCXP lançou um filme que repercutiu nas redes e conquistou prêmios: “Round 2”, estrela da campanha “Para nós o mundo é assim”. O vídeo, com duração de cinco minutos, traz dois personagens que fazem um duelo geek, com referências pop dos anos 1980, 1990 e atuais. Virou um desafio para o público descobrir quais eram as referências usadas no filme dirigido pelo duo Alaska, da Iconoclast (veja mais detalhes de como foi a campanha aqui).

Desta vez, a proposta foi desenvolver como peça principal uma comunicação que pode se tornar algo maior. GeekPunk é um gênero de narrativa, assim como CyberPunk, que traz um enredo distópico. O curta mostra um futuro alternativo e nele se encontram várias referências da cultura pop. A narrativa apresenta o planeta 20 anos após ter sofrido uma invasão alienígena e ter sido destruído. Na história, quatro adolescentes – que não tiveram contato com a civilização anterior à invasão – buscam evidências de como era o mundo antes. Fugindo da ameaça alienígena, eles chegam a um bunker onde localizam relíquias como quadrinhos, colecionáveis e mesmo credenciais da CCXP. A partir dessas referências e ícones eles tentam imaginar o que seria o planeta e reconstruí-lo a partir dessas peças de informação.

O fato, porém, é que eles não sabem a diferença entre o que é real e fantasia. E desse modo começam a mudar o planeta. “Como seria o mundo se pudéssemos reconstruí-lo em cima de referências da cultura pop”, pergunta Claudio Villa, head de criação do Omelete Company.

A jornada dos quatro adolescentes pode virar uma série, uma HQ ou um musical. É uma plataforma ainda em construção, elaborada com direção de Grampá e com trilha sonora original composta pela produtora DaHouse. O filme tem uma música, “Cobra”, da banda Far From Alaska.

Para os organizadores da convenção, a ação coloca a comunicação da CCXP em uma nova direção. “Não criamos apenas uma campanha conceitual, com início, meio e fim. Apresentamos para o mercado um novo gênero e uma nova forma de contar histórias. Estamos começando uma plataforma que poderá ser ampliada, ganhar outros formatos e narrativas. E o mais divertido: necessariamente escrita por nós. O conceito GeekPunk não acaba aqui, ele poderá durar anos, se for o caso”, afirma Roberto Fabri, chief creative & marketing officer do Omelete Company.

Grampá, que desenvolveu os personagens e os conceitos, reforça essa visão. Para ele, a campanha é a criação de um conceito e de um novo universo. “Essa é a mágica e o tipo de desafio com que gostamos de trabalhar! Criar algo que não acaba apenas nos 8 minutos de um filme promocional, mas que vai além e que é o início de algo que pode ser muito maior”, declara.

Um dos desdobramentos do trabalho é um making of  transformado em minissérie de quatro episódios, que será veiculada nas mídias sociais. Serão mostrados detalhes da produção, da origem do conceito até a trilha sonora e o uso de efeitos. O pôster oficial também vale destaque: é assinado pelo quadrinista Paul Pope, diretor da Handquarters e responsável por “Batman: Year 100” e por “Battling Boy”, que está no topo da lista de best-sellers do jornal The New York Times.

A CCXP acontece entre os dias 06 e 09 de dezembro. Esta será a quinta edição da convenção, que irá comemorar os 80 anos do Superman com atividades oficiais da DC Comics. No ano passado, o evento, que é realizado pela Omelete Company, Chiaroscuro Studios e PiziiToys (outros dois sócios), recebeu 227 mil pessoas. Em paralelo, acontece a Unlock CCXP, entre os dias 4 e 5 de dezembro, com painéis que discutirão empreendedorismo, comunicação e investimentos no setor de entretenimento (leia aqui o que publicamos sobre o Unlock CCXP 2018, que nesta edição homenageia Nizan Guanaes).
Ficha Técnica

Criação: Claudio Villa, Rafael Barreiros, Roberto Fabri, Rafael Grampá

Diretor Executivo de Criação: Roberto Fabri

Diretor de Criação: Claudio Villa

Redator: Rafael Barreiros, Guilherme Marques

Diretora de Projetos: Priscila Bezerra

Making Of: Wesley Animaff Valentino, Jorge Junior, Rodrigo Scaramussa

Superhero Supervisor: Cícero Dogival

 

Filme

Produtora: HANDQUARTERS

Direção & Roteiro: Rafael Grampá

Produção Executiva: Carlos Farinha

Direção de Fotografia: Juliano Lopes

VFx e Pós: Warriors Vfx

3D: Cadu Macedo, La Matta e Kippcase

Montagem: Manga Campion

Trilha: DaHouse, Far from Alaska

Direção de Arte e Character Concept: Rafael Grampá

Colour Grading: Psycho’n Look

Projeto Cenográfico: Puerto Produções

 

Campanha

Criação: Claudio Villa, Rafael Barreiros, Roberto Fabri

Diretor Executivo de Criação: Roberto Fabri

Diretor de Criação: Claudio Villa

Redator: Rafael Barreiros, Guilherme Marques

Diretor de Arte: Tiago Pinto

Projetos: Priscila Bezerra, Renata Assumpção

Conteúdo: Ana Kawata

Motion Designer: Jorge Junior

Tradução: Hugo Medeiros

 
Campanha da CCXP 2018 inclui dois filmes, um deles o curta Uma História GeekPunk