Esqueceu sua senha?

Insira o e-mail cadastrado que enviaremos as instruções

Quer receber as notícias do
Clubeonline em primeira mão?

Seu nome deve conter ao menos 2 caracteres. Quero receber informações de terceiros ENVIAR Quero ver a última edição

Enviar por email

Seu nome deve conter ao menos 2 caracteres. O nome do destinatário deve conter ao menos 2 caracteres. Digite um email válido. ENVIAR

Site oficial do
Clube de Criação

SITE OFICIAL DO
CLUBE DE CRIAÇÃO

Acesso exclusivo para
sócios corporativos:
Esqueci minha senha
Ainda não é cadastrado?
Seja Sócio do Clube de Criação

O CLUBE

LOJA

NEWSLETTER

Últimas

por Laís Prado

Cannes Lions

Cannes Lions 2018

Festival terá apenas 5 dias, ano que vem. E outras mudanças

13
novembro
2017



José Papa Neto, diretor-geral do Cannes Lions, ao lado de Philip Thomas, CEO da Ascential Events, apresentaram na tarde desta segunda-feira, 13, em vídeo-conferência, direto de Londres, as novidades do festival para 2018, quando acontecerá a 65ª edição do evento (18 a 22 de junho).

A movimentação e reposicionamento do evento se faziam necessárias face à grande quantidade de críticas dedicadas ao festival, principalmente por Martin Sorrell, CEO do gigante Grupo WPP, que chegou a ameaçar se retirar do encontro já no próximo ano. O foco das reclamações estava principalmente nos custos do evento, tanto em relação às inscrições, quanto hotéis, refeições etc, bem como no fato do festival acontecer na cidade de Cannes, "fora de mão", segundo ele, pelo tamanho que o festival estava ganhando, e o número exacerbado de categorias e troféus distribuídos (aqui e aqui)

Outro baque para o Festival foi comunicado de Artur Sadoun, CEO do Publicis, que deixava claro que nenhuma agência do Grupo iria participar de festivais de publicidade, incluindo Cannes, em 2018 (aqui e aqui).

Dentre as mudanças listadas por Papa e Philip estão a alteração na quantidade de dias do evento, que cai de 8 para 5; a possibilidade de agências enviarem jovens delegados (serão cerca de 650 passes, ligados ao programa Young Lions) sem custo, conforme o número de peças inscritas pela agência onde eles trabalham (mais de 15 inscrições são necessárias); nova pontuação para GP, que passa a valer 30 pontos; a remoção das categorias Cyber, Integrated e Promo Activation; a divisão do evento em nove áreas: Reach, Communication, Craft, Experience, Innovation, Impact, Good, Entertainment e Health; 120 sub-categorias removidas; restaurantes e hotéis com "melhores preços" (pacotes serão oferecidos, preços praticados em 2018, fora do evento, serão congelados, e haverá mais de 50 restaurantes onde quem apresentar o crachá do festival terá descontos); wifi gratuito nas redondezas do Palais; e, importante, um limite máximo de 6 Leões por trabalho inscrito.

Além disso, a alocação de pontos para a definição dos prêmios especiais (Holding Company of the Year, Agency of the Year, Network of the Year) sofrerá mudança para que "os que melhor trabalharam de fato sejam premiados".

Trabalhos para ONGs e terceiro setor serão apresentados aos jurados separadamente, em um primeiro esforço para distanciar trabalhos para marcas de campanhas com objetivos filantrópicos.

Lions Innovation e Lions Entertainment voltam a acontecer apenas no Palais 2, sendo que Lions Innovation se estenderá por todos os 5 dias do evento, focando na importância da tecnologia como uma ferramenta que aumenta as possibilidades da criatividade.

Brand Experience & Activation, Creative e-commerce e Social & Influencer Lions são as categorias lançadas como parte da nova arquitetura do festival.

As chamadas categorias Craft serão removidas dos capítulos Print, Outdoor e Design para serem julgadas por um júri de especialistas chamado de Industry Craft Jury.

No final do discurso da dupla, alguns depoimentos foram exibidos em favor do festival, como o de Fernando Machado, head of brand marketing do Burger King; de David Lubars, chairman e chief creative officer da BBDO; de Mark Tutssel (foto abaixo), global chief creative officer da Leo Burnett Worldwide e creative chairman da Publicis Communications; e de Jan Derck Van Karnebeek, chief commercial officer da Heineken Amsterdam (Heineken que, aliás, é cliente do Grupo Publicis).

Segundo aposta Thomas, 2018 será a melhor edição do Cannes Lions. E ele ainda frisou: "Afinal, a criatividade está no coração de tudo".

Logo após o término da apresentação de Philip e Papa, o Grupo Publicis, que estará ausente do evento em 2018, emitiu o seguinte comunicado:

"Como sócio fundador do Cannes Lions e um forte defensor do seu objetivo de promover o poder da criatividade, o Publicis Groupe tem o prazer de ver as medidas que o evento está tomando para recolocar (resetar) o Festival em torno dos seus valores fundamentais, reduzindo seu comprimento e complexidade para se concentrar em celebrar ideias impactantes de todo o setor".

 

 

 
José Papa Neto