Esqueceu sua senha?

Insira o e-mail cadastrado que enviaremos as instruções

Quer receber as notícias do
Clubeonline em primeira mão?

Seu nome deve conter ao menos 2 caracteres. Quero receber informações de terceiros ENVIAR Quero ver a última edição

Enviar por email

Seu nome deve conter ao menos 2 caracteres. O nome do destinatário deve conter ao menos 2 caracteres. Digite um email válido. ENVIAR

Site oficial do
Clube de Criação

SITE OFICIAL DO
CLUBE DE CRIAÇÃO

Acesso exclusivo para
sócios corporativos:
Esqueci minha senha
Ainda não é cadastrado?
Seja Sócio do Clube de Criação

O CLUBE

LOJA

NEWSLETTER

Últimas

por Laís Prado

Mercado

Comunicação pública

Bolsonaro diz que BV 'tem de deixar de existir'

07
janeiro
2019



Em evento que apresentou os novos presidentes do Banco do Brasil, do BNDES e da Caixa Econômica, em Brasília, nesta segunda-feira, 07, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que transparência será uma das marcas de seu governo. Durante seu discurso, ele acrescentou que pretende “democratizar as verbas publicitárias”. Segundo a Agência Brasil, o assunto foi discutido com a equipe econômica.

Nenhum órgão de imprensa terá direito a mais ou menos naquilo (sic) que nós, de maneira bastante racional, viremos a gastar com nossa imprensa. Nós queremos, sim, cada vez mais que vocês sejam mais fortes e isentos”, declarou.

Bolsonaro afirmou, na sequência, que a imprensa livre é a garantia da nossa democracia. “Vamos acreditar em vocês, mas essas verbas publicitárias não serão mais privilegiadas para a empresa A, B ou C”, emendou. Ele disse que alguns, há pouco tempo, foram parciais, porém não citou nomes de veículos.

Assustado com o BV

Em seguida, Bolsonaro afirmou que seu governo irá buscar, junto ao Parlamento, acabar com o BV (bônus por volume de compra de mídia, oferecido por veículos para agências). “Isso tem de deixar de existir. Aprendi há pouco o que é isso. E fiquei surpreso e até mesmo assustado. Vamos eliminar essas questões para que a imprensa possa cada vez mais fazer um bom trabalho no Brasil”, afirmou, referindo-se também ao que considerou privilégios na distribuição das verbas.

Bolsonaro se referiu à posse dos presidentes do bancos estatais em sua página no Facebook, mas não mencionou no post a democratização das verbas publicitárias.

Veja essa parte do discurso em vídeo da TV UOL, aqui
Bolsonaro mencionou a posse de presidentes de bancos estatais em sua página no Facebook e disse que o governo irá prezar a 'transparência acima de tudo' e também a 'responsabilidade com o dinheiro do contribuinte'. Foto - Página de Jair Bolsonaro no Facebook