Esqueceu sua senha?

Insira o e-mail cadastrado que enviaremos as instruções

Quer receber as notícias do
Clubeonline em primeira mão?

Seu nome deve conter ao menos 2 caracteres. Quero receber informações de terceiros ENVIAR Quero ver a última edição

Enviar por email

Seu nome deve conter ao menos 2 caracteres. O nome do destinatário deve conter ao menos 2 caracteres. Digite um email válido. ENVIAR

Site oficial do
Clube de Criação

SITE OFICIAL DO
CLUBE DE CRIAÇÃO

Acesso exclusivo para
sócios corporativos:
Esqueci minha senha
Ainda não é cadastrado?
Seja Sócio do Clube de Criação

O CLUBE

LOJA

NEWSLETTER

Últimas

por Laís Prado

Mídia/Veículos

Copa do Brasil

Globo renova direitos de exibição do torneio até 2022

19
dezembro
2016



O Grupo Globo e a CBF anunciaram nesta segunda-feira, 19, a renovação dos direitos de transmissão da Copa do Brasil em contrato válido de 2018 a 2022. O acordo inclui, além da exibição dos jogos pela Globo na TV aberta, a transmissão pelos canais SporTV e pelo site globoesporte.com. O valor do negócio supera R$ 300 milhões, quase o triplopago até 2017.

Parte desse montante permitirá pagar a maior premiação dada a um clube brasileiro. O campeão de 2018 poderá receber R$ 68,7 milhões. O vencedor do Brasileirão deste ano (o Palmeiras), por exemplo, teve direito a R$ 17 milhões. A quantia paga pode equivaler, segundo Rogério Cabloco, diretor executivo de gestão da CBF, em comunicado oficial, “a mais de um terço da receita anual de 14 dos 20 clubes da Série A do Brasileirão”.

Em nota, Fernando Manuel, diretor de planejamento e aquisição de direitos esportivos do Grupo Globo, declarou que a empresa tem um compromisso de parceria e investimento no futebol brasileiro, “que se fortalece com a experiência de transmissão de mais de duas décadas dessa competição, levando os benefícios de uma transmissão de qualidade para milhões de torcedores em todo o Brasil, inclusive de forma gratuita pelo alcance da Globo em TV aberta”.
Globo e CBF fecharam acordo que permitirá pagar a maior premiação do futebol a um clube brasileiro. Foto: Lucas Figueiredo/ CBF