Esqueceu sua senha?

Insira o e-mail cadastrado que enviaremos as instruções

Quer receber as notícias do
Clubeonline em primeira mão?

Seu nome deve conter ao menos 2 caracteres. Quero receber informações de terceiros ENVIAR Quero ver a última edição

Enviar por email

Seu nome deve conter ao menos 2 caracteres. O nome do destinatário deve conter ao menos 2 caracteres. Digite um email válido. ENVIAR

Site oficial do
Clube de Criação

SITE OFICIAL DO
CLUBE DE CRIAÇÃO

Acesso exclusivo para
sócios corporativos:
Esqueci minha senha
Ainda não é cadastrado?
Seja Sócio do Clube de Criação

O CLUBE

LOJA

NEWSLETTER

Últimas

por Laís Prado

Internacional

De saída

Martin Sorrell deixa Grupo WPP

16
abril
2018



Após uma investigação interna sobre má conduta, Martin Sorrell deixa o cargo de CEO do Grupo WPP, depois de 33 anos.

chairman do WPP, Roberto Quarta, vai assumir a liderança do grupo, até que um novo CEO seja nomeado. Mark Read, CEO da Wunderman e WPP Digital, e Andrew Scott, diretor de desenvolvimento corporativo do WPP e diretor de operações para a Europa, foram nomeados diretores operacionais da holding.

Em comunicado, Sorrell anunciou que decidiu se afastar por considerar ser a melhor decisão para a empresa, clientes, acionistas e todos os outros stakeholders. "Como fundador, posso dizer que o WPP não é apenas uma questão de vida ou morte, foi, é e será mais importante que isso", declarou o executivo. "Boa sorte e que Deus acompanhe todos vocês... agora de volta ao futuro."

Também em comunicado, o WPP se manifestou dizendo que a investigação sobre uma alegação de má conduta contra Sorrell "foi concluída", mais uma vez destacando que o procedimento "não envolveu valores materiais".

Em um e-mail para funcionários, o grupo informou que o conselho considerará candidatos internos e externos para o cargo de CEO. A companhia disse que não há prazo definido, mas que a busca será concluída "o mais rapidamente possível".

A saída de Sorrell acontece duas semanas depois que o WPP divulgou que estava investigando alegações sobre má conduta do executivo (leia aqui). O conselho do grupo anunciou que havia "nomeado advogado independente para conduzir uma investigação em resposta a uma alegação de má conduta pessoal contra Sir. Martin Sorrell."

Com AdAge.
Martin Sorrell