Esqueceu sua senha?

Insira o e-mail cadastrado que enviaremos as instruções

Quer receber as notícias do
Clubeonline em primeira mão?

Seu nome deve conter ao menos 2 caracteres. Quero receber informações de terceiros ENVIAR Quero ver a última edição

Enviar por email

Seu nome deve conter ao menos 2 caracteres. O nome do destinatário deve conter ao menos 2 caracteres. Digite um email válido. ENVIAR

Site oficial do
Clube de Criação

SITE OFICIAL DO
CLUBE DE CRIAÇÃO

Acesso exclusivo para
sócios corporativos:
Esqueci minha senha
Ainda não é cadastrado?
Seja Sócio do Clube de Criação

O CLUBE

LOJA

NEWSLETTER

Últimas

por Laís Prado

Campanhas

Escuta as Minas

Skol quer ouvir mulheres para criar comercial

08
março
2018



No mês da mulher, a marca de cerveja Skol apresenta o projeto "Escuta as Minas", movimento colaborativo na internet que tem como objetivo ouvir opiniões das mulheres e transformá-las em um comercial para TV.

Para convidar o público feminino a participar, a marca lança um filme que começa com um trecho do comercial "Paquera", de 2002. A peça mostrava uma moça de biquíni na praia tentando se comunicar com um rapaz, por meio de gestos. Porém, ela não era entendida ou ouvida.

"Tem coisa mais quadrada que não ouvir as mulheres?", questiona o novo filme, chamado "Bar" (assista abaixo). Em seguida, o enredo traz um homem bebendo em um barzinho, gesticulando para pedir uma Skol a algumas mulheres, que ele supunha serem garçonetes. No entanto, elas estão no local bebendo e não servindo.

A diretora do filme, Georgia Guerra-Peixe, selecionou uma equipe 100% feminina para realizar a produção. Desde a direção até profissionais que geralmente são associados ao universo masculino (como eletricista e bombeiro), todas mulheres.

A proposta da Skol é abrir um espaço para que o público feminino dê suas opiniões ao declarar o que gostaria de dizer em uma propaganda de cerveja.

As frases das participantes se transformarão em um novo filme, com previsão de chegar à telinha no dia 25 de março.

"No momento em que se celebra o Dia Internacional da Mulher, mais do que se posicionar, é de extrema importância ouvir, escutar o que as mulheres têm a dizer, para assim promover discussões capazes de inspirar mudanças reais na forma como a mulher é retratada na publicidade. Dar voz às mulheres, amplificar o que elas têm a dizer e fazer com que o Brasil todo escute, é o que nós da Skol queremos com este projeto", comenta Maria Fernanda Albuquerque, diretora de marketing de Skol.