Esqueceu sua senha?

Insira o e-mail cadastrado que enviaremos as instruções

Quer receber as notícias do
Clubeonline em primeira mão?

Seu nome deve conter ao menos 2 caracteres. Quero receber informações de terceiros ENVIAR Quero ver a última edição

Enviar por email

Seu nome deve conter ao menos 2 caracteres. O nome do destinatário deve conter ao menos 2 caracteres. Digite um email válido. ENVIAR

Site oficial do
Clube de Criação

SITE OFICIAL DO
CLUBE DE CRIAÇÃO

Acesso exclusivo para
sócios corporativos:
Esqueci minha senha
Ainda não é cadastrado?
Seja Sócio do Clube de Criação

O CLUBE

LOJA

NEWSLETTER

Últimas

por Laís Prado

Campanhas

#FreedomForGirls

Meninas cantam música de Beyoncé, por igualdade de gênero

11
outubro
2017



Um coro de meninas levanta a voz para cantar a música "Freedom", da artista Beyoncé, em uma campanha que marca o "Dia Internacional da Menina", celebrado nesta quarta-feira (11), com o intuito de apoiar os Objetivos Globais para Desenvolvimento Sustentável da ONU.

"#FreedomForGirls" (assista abaixo) é o novo filme do "Project Everyone", iniciativa cofundada pelo cineasta Richard Curtis, que tem o objetivo de aumentar a conscientização do público sobre os Objetivos Globais.

O vídeo reúne garotas de todo o mundo cantando e dançando, numa convocação pela luta por uma maior igualdade de gênero.

Dirigido por MJ Delaney, o filme foi rodado em locais como Tanzânia e Washington. A produção foi feita em parceria com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e a Fundação Bill & Melinda Gates.

MJ Delaney também dirigiu o filme anterior do "Project Everyone", chamado "#WhatIReallyWant" (leia e assista aqui), lançado em 2016, e que trouxe um remake da música "Wannabe", da banda Spice Girls.

Enquanto a campanha do ano passado se concentrou mais amplamente no empoderamento das mulheres, o filme deste ano destaca as meninas mais jovens, para quem é ainda mais crucial que os Objetivos Globais da ONU sejam alcançados.

O tom da comunicação também mudou, e passou de um "otimismo alegre" para um "call to action", buscando evidenciar a urgência de ações pela igualdade de gênero, explica MJ.

"O cenário político global mudou dramaticamente no ano passado - uma celebração calorosa da solidariedade feminina já não é suficiente", defende a diretora. "O filme deste ano é desafiador e exige mudanças, com garotas muito mais jovens dando voz a toda uma geração de meninas para quem é imperativo que os Objetivos Globais sejam alcançados até 2030."

O filme elenca algumas estatísticas sobre problemas enfrentados pelas meninas em todo o mundo, como "a cada cinco minutos, uma garota morre por causa da violência", "uma em cada quatro garotas se casa ainda criança", "71% das vítimas de tráfico humano são mulheres", "63 milhões de garotas têm seus órgãos genitais mutilados" e "130 milhões de meninas estão fora da escola".

No fim, as pessoas são convidadas a compartilhar a peça e dizer o que significa "#FreedomForGirls" para elas.

Leia e assista anterior sobre o assunto, aqui.