Esqueceu sua senha?

Insira o e-mail cadastrado que enviaremos as instruções

Quer receber as notícias do
Clubeonline em primeira mão?

Seu nome deve conter ao menos 2 caracteres. Quero receber informações de terceiros ENVIAR Quero ver a última edição

Enviar por email

Seu nome deve conter ao menos 2 caracteres. O nome do destinatário deve conter ao menos 2 caracteres. Digite um email válido. ENVIAR

Site oficial do
Clube de Criação

SITE OFICIAL DO
CLUBE DE CRIAÇÃO

Acesso exclusivo para
sócios corporativos:
Esqueci minha senha
Ainda não é cadastrado?
Seja Sócio do Clube de Criação

O CLUBE

LOJA

NEWSLETTER

Últimas

por Laís Prado

Campanhas

Presente de Natal

Movimento #PossoAjudar quer auxiliar garçons a achar emprego

20
dezembro
2016



Três criativos se uniram para lançar o #PossoAjudar, um movimento social feito em parceria com o site Food Vagas para ajudar garçons desempregados a ganhar um presente de Natal mais do que especial: um trabalho. Idealizado e realizado por Adriano Sato (redator na Agnelo Comunicação), Lucas Menegotto (redator na MullenLowe) e Demer Rios (diretor de arte na MullenLowe), o #PossoAjudar selecionou cinco garçons, cujas histórias foram filmadas e reescritas de forma criativa.

Os textos, que se transformaram em cartazes ao estilo lambe-lambe, foram colados na capital de São Paulo. Esse material e mais os vídeos estão disponíveis nas redes sociais do movimento: Instagram (@movimentopossoajudar) e Facebook (facebook.com/movimentopossoajudar).

Como os idealizadores ressaltam, “os garçons fazem parte de uma classe de trabalhadores que, geralmente, não folga no dia 24, véspera de Natal e dia da ceia natalina. Mas o que pode parecer trágico para alguns profissionais empregados na área, para outros, os desempregados, se torna ainda pior”. Muitos bons profissionais, dizem os criativos, estão sem emprego devido à crise e eles dariam tudo até para trabalhar na ceia de Natal. Um emprego é o maior presente de Natal que podemos dar a uma pessoa, pois vamos contribuir para mudar a vida de toda uma família”, destacam os idealizadores do #PossoAjudar.

Para contribuir com esse propósito, o movimento busca fazer com que as histórias sejam compartilhadas com a hashtag #PossoAjudar e cheguem a gerentes, chefs e donos de restaurantes.