Esqueceu sua senha?

Insira o e-mail cadastrado que enviaremos as instruções

Quer receber as notícias do
Clubeonline em primeira mão?

Seu nome deve conter ao menos 2 caracteres. Quero receber informações de terceiros ENVIAR Quero ver a última edição

Enviar por email

Seu nome deve conter ao menos 2 caracteres. O nome do destinatário deve conter ao menos 2 caracteres. Digite um email válido. ENVIAR

Site oficial do
Clube de Criação

SITE OFICIAL DO
CLUBE DE CRIAÇÃO

Acesso exclusivo para
sócios corporativos:
Esqueci minha senha
Ainda não é cadastrado?
Seja Sócio do Clube de Criação

O CLUBE

LOJA

NEWSLETTER

Últimas

por Laís Prado

Mercado

R$ 4 milhões

Startup Colab.re vai receber aporte internacional

18
maio
2017



A startup Colab.re, que tem a missão de fiscalizar a qualidade de serviços públicos, vai receber um aporte de R$ 4 milhões do fundo de impacto social Omidyar Network, criado pelo empreendedor norte-americano na área de tecnologia Pierre Omidyar (fundador do e-commerce eBay no Brasil), e também pelo investidor da área de mídias independentes MDIF (Media Development Investment Fund).

A empresa promete investir o recurso no desenvolvimento de novas ferramentas de engajamento para os cidadãos e de inteligência para governos.

Ainda este ano, a Colab.re informa que irá lançar ferramentas de análise da satisfação da população em relação aos serviços e instituições públicas: desde um dispositivo para avaliação de políticas públicas em tempo real até um sistema de gamificação, que irá premiar usuários da rede social que mais contribuírem com a melhoria das cidades.

startup terminou 2016 com 130 clientes ativos, a maioria prefeituras, e 150 mil usuários cadastrados. A meta para este ano é chegar a 200 cidades, buscar adesão de governos estaduais, e ultrapassar 500 mil usuários.

A empresa fornece soluções tecnológicas para gestão das cidades. Os cidadãos podem fiscalizar 80 áreas, como focos de mosquitos, calçadas e iluminação, por meio de geolocalização de smartphones e tablets, e de fotos. Os agentes públicos acompanham em tempo real o painel de monitoramento da plataforma, para mapear reivindicações e mobilizar equipes para solucionar os problemas.