arrow_backVoltar

Árvores Caídas

Artista plástico 'replanta' eucalipto gigante. Criação da Almap

29.06.15

O artista plástico Eduardo Srur, a Panamericana Escola de Arte e Design e o Parque Ibirapuera inauguraram, neste sábado (27), na Praça da Paz, a instalação "#ARVORESCAIDAS", um projeto criado pela AlmapBBDO para a escola.

O objetivo é mostrar como "a arte pode ajudar a chamar a atenção e conscientizar a população sobre o problema da queda das árvores em São Paulo".

A iniciativa foi criada em janeiro, quando São Paulo registrou queda de 1,7 mil árvores - cerca de 700 em apenas quatro dias - por conta da intensidade de chuvas, vento, entre outros fatores. A tendência é que isso aconteça novamente quando a temporada de chuvas voltar. O projeto quer conscientizar o público da importância das árvores e mostrar como tratá-las, para ajudar a minimizar o problema.

Convidado pela AlmapBBDO, o Srur "replantou", na Praça da Paz, um eucalipto de 20 toneladas que havia caído no Parque em janeiro. O "replantar" é figurativo, pois trata-se de uma instalação de arte, fixada no chão, que tem um manequim hiper-realista de cabeça para baixo agarrado ao tronco.

Com ele, Srur faz uma metáfora sobre a relação invertida do homem com a natureza.

O projeto também pretende pedir ao público para ajudá-lo a mapear árvores em perigo, fotografando-as e postando com a hashtag #arvorescaidas nas redes sociais.

Ficha Técnica:

Cliente: Panamericana Escola de Arte e Design
Ação: Árvores Caídas
Direção de criação: Marcello Serpa, Luiz Sanches
Direção executiva de criação: Bruno Prosperi
Diretores de criação: Luciana Haguiara e Andre Gola
Redator: Gustavo da Costa Neves
Direção de Arte: Tiago Padilia e Renato Jun Okida
UX: Vanessa Marques e Caroline Kyatt
Creative technologist: Renato Jun Okida
Diretora de conteúdo: Chris Mello
Artista: Eduardo Srur - Attack
Produtora: Kanas
Fotografia: Kanas e Hugo Treu
Atendimento: Isabela Crestana Filippi
Cliente: Enrique Lipszyc e Alex Lipszyc

Árvores Caídas

Artista plástico 'replanta' eucalipto gigante. Criação da Almap

/