arrow_backVoltar

Escuta as Minas

Spotify lança Casa de Música focada em mulheres, em SP

01.07.19

O Spotify anuncia o lançamento do projeto Casa de Música Escuta as Minas, uma iniciativa "feita por mulheres e para mulheres", segundo a empresa, e que estará aberta durante seis meses, na zona oeste da capital paulista.

Foram selecionadas artistas do sexo feminino com "carreira em ascensão" para criar, produzir e gravar músicas dentro da própria casa, que conta com estúdio, sala de mixagem, espaço para workshops, eventos e audições.

A proposta é que essas artistas em início de carreira, representando os mais variados gêneros musicais, aproveitem a estrutura completa do local para gravar singles ao lado de profissionais experientes, como Lahn Lahn, Mahmundi, Florência Akamine (mixagem e masterização), Bia Paiva (técnica de som), Lilla Stip (engenheira de som), Allyne Cassini (engenheira de som), entre outras.

As "iniciantes" também terão a oportunidade de se conectar com algumas artistas que participarão do projeto como "madrinhas", como Negra Li, Priscilla Alcântara, MC Pocahontas e Maiara & Maraísa, que estarão disponíveis para conversas com as mulheres selecionadas.

Inicialmente, o Spotify selecionou 12 artistas com músicas originais para participar: 1LUM3, Ni Munhoz, Barbara Amorim, LUDI, Bibi Caetano, Souto MC, Marujos, Urias, Nina Oliveira, Samantha Machado, The Monic e Luana Marques.

Em setembro, a empresa irá abrir inscrições para outras 12 mulheres entrarem na casa, que serão escolhidas por Monique Dardenne, Camila Garógalo, Bia Rizzini, Letícia Tomás, Flavia Biggs e pela equipe do Spotify.

Leia anterior sobre o assunto, aqui.

Escuta as Minas

Spotify lança Casa de Música focada em mulheres, em SP

/