arrow_backVoltar

Google sob acusação

Dados estariam sendo passados secretamente na Irlanda

04.09.19

O Google enfrenta um processo investigativo feito por autoridades regulatórias na Irlanda. A companhia estaria explorando dados pessoais sem que estes estejam protegidos pela legislação de privacidade. Investiga-se se a empresa repassou informações coletadas secretamente para ad techs e anunciantes, conforme acusação de uma empresa de tecnologia. A revelação é do Financial Times (leia aqui).


A denúncia surgiu a partir de um trabalho de monitoramento de uma empresa que fornece um navegador para web na Irlanda. É um competidor pequeno (Brave) frente à gigante tecnológica. Um de seus executivos tentou descobrir como seus dados abasteciam o serviço antes chamado DoubleClick Ad Exchange, atualmente Authorized Buyers, o maior marketplace online do mundo. Ele notou que suas informações referentes a hábitos de navegação foram rastreadas e acabaram dirigidas a páginas escondidas na web. Havia um identificador ligado a seus dados que foram utilizados por ad techs - tudo isso sem que ele tomasse conhecimento do uso dessas informações.


Para comprovar os resultados da investigação, a empresa recorreu a uma consultoria técnica que recrutou centenas de pessoas para avaliar os procedimentos do Google no período de um mês. Foram localizados identificadores compartilhados com companhias que, com isso, aprimoraram suas habilidades de targeting. Entre as informações estariam dados relativos a assuntos como saúde, política e raça,


Segundo o Financial Times, o Google não tinha visto ainda os detalhes da investigação. A empresa declarou que está cooperando com as autoridades regulatórias na Irlanda e no Reino Unido. Mas alegou que não compartilha dados sem o consentimento dos usuários.

Google sob acusação

Dados estariam sendo passados secretamente na Irlanda

/