arrow_backVoltar

Guerra das Cervejas

MillerCoors processa Anheuser Busch InBev

21.03.19

Se você acha que o controverso "corngate" se acalmou, está enganado.

MillerCoors decidiu processar a Anheuser Busch InBev, buscando uma medida cautelar contra o que chama de "campanha publicitária falsa e enganosa direcionada à Miller Lite e à Coors Light".

É o mais recente capítulo em uma disputa de marketing que começou durante o Super Bowl 2019.

Bud Light, em três filmes que foram ao ar durante o jogo, atacou as marcas da MillerCoors pelo nome, observando que essas cervejas usam xarope de milho (leia mais aqui).

A MillerCoors, em comunicado, disse que os comerciais da Bud têm o objetivo de enganar os consumidores de cerveja, levando-os a pensar que suas cervejas contêm xarope de milho de alta frutose.

Além disso, diz que os filmes destroem suas marcas registradas, o que estaria violando a Lei Lanham. A MillerCoors procura parar com a "diluição intencional da marca registrada".

A empresa-mãe da Bud Light, a AB InBev, disse anteriormente que quer apenas mais transparência sobre os ingredientes no setor. Desde que os filmes começaram a ser veiculados, a MillerCoors defendeu repetidamente o uso de xarope de milho para ajudar na fermentação e disse que o xarope de milho não é a cerveja que as pessoas bebem.

O impulso legal veio depois que a Miller Lite apresentou esta semana sua própria campanha. Os spots da Miller Lite, assinados pela DDB Chicago, sugerem que os atores da campanha da Bud Light (assinada pela Wieden & Kennedy New York), escolhem a Miller Light no lugar da Bud Light quando não estão sendo filmados. Miller Lite publicou anteriormente um anúncio de página inteira no New York Times, enquanto a Bud Light continuou seu próprio marketing, incluindo outdoors.

O processo de 38 páginas inclui uma abundância de informações sobre os comerciais da Bud Light durante o Super Bowl, com frames, cobertura da mídia, postagens de mídia social, além de décadas de história da Coors Light e Miller Lite, com detalhes sobre o processo de fermentação.

"O xarope de milho é o resultado de alegações falsas; a MillerCoors é vítima de campanha enganosa", diz MillerCoors no documento.

O processo aponta as reações do consumidor nas mídias sociais. Ele destaca um tweet enviado pelo ator Josh Charles após o Super Bowl, que diz: "pelo menos a minha cerveja favorita não tem xarope de milho ... e por xarope de milho quero dizer veneno".

Leia matéria do AdAge na íntegra aqui.

Leia anterior sobre o assunto aqui.

Guerra das Cervejas

MillerCoors processa Anheuser Busch InBev

/