arrow_backVoltar

WhatsApp supera Facebook

Plataforma é o app social + engajador, diz relatório global

17.01.19

O relatório The State of Mobile 2019, da consultoria App Annie, revelou que o aplicativo de plataforma social e de comunicação que mais engaja usuários no mundo é o WhatsApp, que superou o Facebook em setembro. Os dados foram revelados nesta quarta-feira, 16, com a divulgação do estudo.

De acordo com o estudo, o WhatsApp gerou mais engajamento por oferecer possibilidades de ligações e de envios de mensagens de graça, além de as conversas serem criptografadas, e por ter uma interface de fácil uso. O app é o primeiro colocado em países como Brasil, Índia e Alemanha. Nos Estados Unidos, prevalece o Snapchat, que também lidera na França (veja quadro abaixo) e na Austrália.

Pelo relatório, o índice de usuários ativos por mês (MAU, na sigla em inglês) do WhatsApp teve um crescimento de 30% de janeiro de 2017 até dezembro do ano passado. No caso do Facebook, esse percentual foi de 20%. O maior aumento foi do Instagram: 35% no mesmo período (o infográfico está mais abaixo).

O App Annie revelou ao site The Next Web (leia aqui) que o mercado com o maior número de usuários ativos do WhatsApp é a Índia, seguido do Brasil, do México, da Turquia e da Rússia. Os números não foram revelados. Apesar das controvérsias ligadas a fake news que se espalharam pela plataforma – sobretudo no Brasil, que viveu um intenso período eleitoral –, o crescimento do aplicativo não pode ser limitado aos mercados emergentes, alega a consultoria. Afinal, ele é também o primeiro colocado em países como Canadá e Reino Unido.

 

Streaming de vídeo

O estudo avalia diversos segmentos, entre eles o de serviços de streaming de vídeo. O YouTube é o app com mais tempo dedicado pelo usuário no mundo. Só não é o líder na China – posto ocupando pela Tencent Video. Por esse critério, o do tempo, no Brasil o segundo app mais popular é a Netflix (confira infográfico).

Quando a análise parte para quanto as pessoas pagaram para ver vídeos, vê-se uma mudança no quadro. No mundo, os serviços que oferecem assinaturas de streaming tiveram um crescimento de 285% entre 2016 e 2018. No ano passado, o setor faturou globalmente US$ 2,2 bilhões.

Segundo o relatório, o serviço que mais lucrou no mundo é a Netflix (montantes também não são revelados pelo estudo). Os analistas do App Annie observam, porém, que a chegada do Disney+ neste ano deve sacudir o mercado. No Brasil, depois da Neflix, o serviço mais lucrativo é a PlayKids e, em terceiro lugar, está o Globo Play.

O relatório The State of Mobile 2019 pode ser baixado a partir deste link.

WhatsApp supera Facebook

Plataforma é o app social + engajador, diz relatório global

/