arrow_backVoltar

Comunicação Pública

Campanha do pacote anticrime é suspensa pelo TCU

09.10.19

O ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Vital do Rêgo suspendeu, por medida provisória, a campanha publicitária do governo federal lançada na semana passada, que promove o pacote anticrime proposto pelo Ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro.

Para justificar o pedido, Furtado citou reportagem do jornal "O Globo", que apurou que a campanha, criada pela Secom (Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República) receberá investimentos da ordem de R$ 10 milhões.

Inicialmente, a previsão era a de a campanha ficasse no ar até o final desse mês. Integram a comunicação filmes que trazem depoimentos de vítimas de violência.

O subprocurador-geral do Ministério Público junto ao TCU, Lucas Furtado, quer que o governo apresente com detalhes as despesas com o material. Ele ainda afirmou que "há possível direcionamento de verbas publicitárias em decorrência de interesses pessoais e ideológicos do governo".

O pacote anticrime ainda está em discussão no Congresso.

Leia anterior sobre o assunto, aqui.

 

Comunicação Pública

Campanha do pacote anticrime é suspensa pelo TCU

/