arrow_backVoltar

Criado-Mudo

O meu tem dupla personalidade

05.05.08

Meu criado-mudo não é um criado. É um sapateiro, mas também é criado-mudo... É complicado. Na verdade, meu criado é sapateiro de dia e faz “freela” de criado-mudo à noite.


O coitado tem dupla personalidade, trabalha em dois empregos, serve a dois senhores e, como o dono, não consegue satisfazer-se em uma só função. 


Em sua dupla jornada, desempenha feliz o ofício de armário de sapatos, ou seja lá como se chama aquele móvel comprido onde são armazenados os mais diversos tipos de calçados.


Guarda com eficiência da bota da patroa aos chinelos do patrão, tudo com discrição suíça.


Este é seu "day job", sua função principal, seu "ganha pão". Para esta função foi talhado, em humilde base de cerejeira.


Mas, como seu dono, este modesto sapateiro sempre almejou mais. Sempre sonhou com uma carreira nos palcos, junto aos grandes autores, às grandes obras da literatura mundial.


E é por isso que durante à noite, no fim de seu expediente diário, este singelo sapateiro vive a glória de uma grande performance como criado-mudo.


Assim ele brilha, contracenando com um premiado e variado elenco, que vai do nobre Shakespeare a mais mundana Mad Magazine. Trata a todos com igualdade, orgulhoso de seu segundo emprego e desempenha sua função com maestria até o fechamento das cortinas e o apagar das luzes.


Na manhã seguinte, já pode ser visto altivo e radiante, quando é solicitado para sua função matinal, oferecendo alegremente suas gavetas repletas de artigos de couro.


É assim meu armário de sapatos... Digo, meu criado-mudo. Um sujeito esforçado, que vive feliz em sua duplicidade e na agridoce ironia de sua dúplice existência.

Phil Miler, ator e locutor. Entre outros papéis em comerciais, fez o personagem "São Nunca", criado pela JWT para Ford.

Criado-Mudo

O meu tem dupla personalidade

/