arrow_backVoltar

Cultura pop

Omelete lança selo de quadrinhos e plataforma digital

18.11.19

Especializado em cultura pop, o Omelete lança nesta segunda-feira, 18, seu primeiro selo de HQs, área que sempre esteve entre seus temas de reportagens. E a estreia é digital. Foi criada uma plataforma gratuita que oferecerá conteúdo original para os leitores: Bruttal. O novo espaço reúne histórias recheadas de ação, aventura, mistério e humor.

O selo nasce da parceria do Omelete Originals, dedicado a conteúdos autorais, com os artistas Felipe Portugal, Raoni Marqs, Thiago Martins e Yuri Moraes, que irão publicar toda semana capítulos inéditos de seus quadrinhos.

São quatro HQs que entram na nova plataforma: Ba-da Bacon (Marqs); Charlote Blues (Portugal); Johnny Canivete (Martins); e Venha a Nós o Vosso Reino (Moraes). Bruttal oferece leitura otimizada para celulares e outros dispositivos móveis.

Além da versão digital, as HQs da Bruttal serão publicadas em um álbum de luxo. O lançamento será na CCXP19, festival de cultura pop que acontecerá entre 5 e 8 de dezembro, no São Paulo Expo. O Omelete é um dos sócios da convenção. Os artistas terão uma mesa no Artists’ Alley, na qual poderão conversar com os fãs que quiserem adquirir a edição especial.

Veja mais sobre as HQs e os autores:

- Ba-da Bacon é sobre Gio Gianopoulos, um cara briguento que recebe um mapa e a missão de encontrar um Bacon Mágico, que de tão delicioso todo mundo quer. Gio terá de enfrentar chefs de cozinha, chapeiros descontrolados, cozinheiros falidos, motoqueiros selvagens, vendedores de trufa e capangas da indústria alimentícia. Raoni Marqs trabalha desenhando storyboards e escrevendo roteiros para séries como Irmão do Jorel, no Cartoon Network. É autor do livro Como Escrever Histórias, que deu origem a uma série de vídeos para o YouTube sobre técnicas e teorias de escrita.

- Charlote Blues conta a história da personagem homônima, que já foi a melhor detetive de uma corporação, mas agora é só uma sombra do seu passado. Enfrentando uma depressão e uma rotina monótona ao lado de seu parceiro de trabalho, Quasímodo, ela é acionada para investigar um caso de desaparecimentos em massa em sua cidade. Felipe Portugal faz quadrinhos para internet desde 2011. Já publicou em revistas independentes como a antologia Libre! (2013), além das graphic novels Espiga (2015) e Granizo (2017), pela Ugra Press.

- Johnny Canivete é o último justiceiro de aluguel da família Canivete. Conhecidos pelo uso de armas brancas em seus serviços, filho e pai são surpreendidos e derrotados em uma missão pelas justiceiras estreantes Fadas de Botas. Johnny perde sua mão direita e seu pai durante o combate. Em busca de vingança contra as Fadas, JC adapta as mais diversas lâminas a seu punho e se torna um verdadeiro canivete humano. Thiago Moraes Martins começou sua carreira na MTV Brasil, onde criou, dirigiu e animou séries como Fudêncio e Seus Amigos, Megaliga, The Jorges e Infortúnio com a Funérea, entre outras. Como quadrinista, publicou em 2016, A Sereia de Mongaguá, pela editora Veneta. Atualmente faz direção, direção de arte e design de personagens da série que cocriou chamada, Gigablaster, exibida diariamente no canal Gloob

- Venha a Nós o Vosso Reino mostra o tirânico ditador da nação Zaxxar, Deus Rei Lixo, que, após centenas de anos de tédio, se trancou em no escritório real para escrever uma biografia de aventuras do seu personagem televisivo favorito, Beto Royale. Enquanto tenta se dedicar à arte da escrita, Deus Rei Lixo sofre um golpe de estado e é destronado. Além de começar uma vida civil completamente diferente da qual estava acostumado, ele terá de lidar com seu polêmico passado. Yuri Moraes trabalhou como roteirista e diretor de segmentos em programas como The Noite, Furo MTV, Casseta & Planeta, VMB, Hermes & Renato e Comédia MTV. É criador/integrante do canal Os Megafodas e do grupo humorístico Gangbang, que produziu esquetes para a MTV Brasil entre 2009 e 2011. Como quadrinista, lançou dois livros: Garoto Mickey (2011), pela Dobra Editorial, e Wasteland Scumfucks: Terra do Demônio (2017), pela Editora Veneta.

Cultura pop

Omelete lança selo de quadrinhos e plataforma digital

/