arrow_backVoltar

O Espaço é Seu

BK e a verdade, toda a verdade, nada além da verdade

26.02.20

A verdade, toda a verdade, nada além da verdade

Mesmo que o juramento acima remeta você a uma série ou história de ficção - uma cena de filme, na qual o cidadão americano repete essas tensas palavras posicionando a mão direita sobre a Bíblia -, ouvi-lo com o coração nos faz alterar até o ritmo de nossa respiração.

Isso acontece porque a verdade é poderosa. Mesmo assim, é comum encontramos pessoas que menosprezam, relativizam ou simplesmente se recusam a utilizá-la como companhia inseparável. Vale a ressalva do contexto: me refiro à verdade no processo de comunicação, da emoção. Abordar o tema “verdade”, tão extenso, rico e atual, merece delinear o caminho a seguir, para não fugirmos do enfoque. Explico.

Não tenho a menor dúvida de que a partir do momento em que acreditamos, genuinamente, nos nossos propósitos, conseguimos acrescentar empatia às nossas ações. Seja em casa, no trabalho ou com amigos e queridos. A verdade nutre a amizade, o respeito, cuidado, humildade, admiração e tantos outros comportamentos positivos, saudáveis. E isto se torna exponencial. A mentira tem vocação pobre, limitada, embora possa também ser exponencial.

O diálogo franco e aberto pelos bons sentimentos revela bem mais do que apenas palavras. Verdade expõe desejos que mostram como podemos nos tornar parte relevante da vida do outro. Também é assim, imensamente assim, na propaganda. Entender e investir na relação H2H (human to human) é fundamental para estabelecer o que é preciso para que marcas e empresas prosperem. Data beats opinion. Data people, man. Somos seres de carne, osso e emoções. A construção de relações verdadeiras e poderosas depende de entender problemas, propor soluções e se empenhar em seduzir e persuadir com a verdade, nada mais do que a verdade. Só ela. A vida é propagada pela verdade. Vida morre na mentira.

Enquanto trilhas e imagens dão ritmo e potencializam nossos sentimentos diante de uma obra da sétima arte, no mundo real, é o olho no olho, a conversa, o toque, o envolvimento que fazem a diferença na geração do amor. É preciso se dispor a ouvir muito mais do que a falar. Pode-se concordar, discordar, explicar, rejeitar quantas vezes acreditar que for necessário, mas sem jamais abrir mão da conversa como espaço para troca de aprendizado.

Agir com verdade também nos leva a enfrentar resistências, recusar propostas e até desagradar. Sim, o cliente nem sempre tem razão. Cliente tem sempre razão quando tem razão. No discurso que fez durante o Prêmio Caboré, em dezembro de 2019, Washington Olivetto - que agora mora em Londres e de lá observa o mundo e o Brasil - pediu que se fale mais a verdade, e não apenas aquilo que imaginamos ou nos disseram que os clientes gostariam de ouvir. E isso não é coisa de cinema.

Vamos ouvir muito, debater muito na indústria da propaganda a campanha do Burger King que acaba de entrar no ar, mundialmente, para mostrar que seus sanduíches contêm ingredientes sem conservantes artificiais e nocivos à saúde. Um sanduba embolorado estampa pôsteres (aqui). Um filme mostra o processo de deterioração do Whopper em 34 dias seguidos.

No momento certo, do jeito certo e, claro, com a boa e atemporal pertinência criativa, a verdade, sem dono, é avassaladora.

Bill Bernbach nos ensinou: ‘If your advertising goes unnoticed, everything else is academic’.

Faça isso utilizando a verdade, nada mais que a verdade. A poderosa, transformadora e exponencial verdade.

Alexandre Bassora, diretor-geral de criação da Audaz

O Espaço é Seu

BK e a verdade, toda a verdade, nada além da verdade

/