arrow_backVoltar

Pixel Show

Mais espaço para experiências de VR

27.11.19

Em sua 15ª edição, o Pixel Show, festival de criatividade organizado pela Editora Zupi, ampliou o espaço dedicado à realidade virtual. O evento, que neste ano ganhou um dia mais (acontece entre 29 de novembro e 01 de dezembro), está com uma área maior e exclusiva para a tecnologia, o XR Experience Lounge.

A tecnologia é uma das atrações do festival. No espaço dedicado às experiências imersivas, o público poderá ver o curta brasileiro “A Linha, produzido em realidade virtual e que ganhou o prêmio de Melhor Experiência Interativa no Festival de Veneza. O diretor do filme, Ricardo Laganaro, e a Árvore, desenvolvedora da tecnologia para o curta, participam do Pixel Show há dois anos. Ele estará em um dos palcos do evento para falar de realidade virtual.

Outra produção que promete chamar atenção é “Ocean Mind”, que fará as pessoas “nadarem” com baleias em uma imersão no fundo do mar. A experiência foi desenvolvida pelo Mackevision, estúdio de realidade virtual do desenhista, músico e cineasta alemão Steffen Barenfanger. Ela foi apresentada pela primeira vez ao público no SXSW de 2018.

Bärenfänger estará no auditório principal do Pixel Show para falar sobre VR em seus processos de criação. “A tecnologia e a realidade virtual te permitem fazer muita coisa. Você pode usá-las para tudo, seja para um conteúdo em massa ou para produzir algo super personalizado. Mas a tecnologia não é a mãe de tudo. O que será sempre crucial é ter uma ideia boa e única”, destacou, em comunicado.

O cineasta participou de produções famosas como “Independence Day” e a série “Game of Thrones”. “Para essas produções há um orçamento e tempo muito bem definidos, mas no fim elas têm o mesmo objetivo: criar um mundo para o telespectador que deve ser ao mesmo tempo impressionante e altamente divertido. Para um criativo apaixonado, esses deve ser os objetivos a serem perseguidos”, comentou.

A abertura do festival, no dia 29, será com o designer gráfico David Carson, que desenvolveu projetos de branding para marcas como Microsoft, Bose, Nike, Armani e Quiksilver. Foi ainda "Artist in Residence" na agência 72andSunny. Em 2014, conquistou um AIGA Medal, no que é considerado o maior prêmio do design gráfico. Carson é conhecido por seu trabalho inovador que quebrou fronteiras com a tipografia e revolucionou a comunicação visual nos anos 1990, com experimentos sendo até hoje referências no design.

Sala Publicidade

São cerca de 200 palestrantes no evento, que acontece no espaço Pro Magno, na Casa Verde, zona norte de São Paulo. Há nomes reconhecidos do mercado de comunicação, que conta com uma área dedicada: a Sala Publicidade. Entre os profissionais que farão palestras nesse espaço estão Rafael Pitanguy e Laura Esteves (ambos da Y&R), Laura Florence e Camila Moletta (MORE GRLS e Havas Health & You e F.oxi Consulting, respectivamente), Nana Lima (Think Eva), Lara Mascarenhas (Viacom), Vinicius Magalhães (Twitter) e a artista multimídia Alma Negrot (performer residente na festa Mamba Negra em São Paulo), que atuou na direção de arte para projetos de músicos como Karol Conka, Johnny Hooker e Letrux.

Mas há mais profissionais do segmento com painéis em outras salas, como Renata Bokel (WMcCann) e Cleber Paradela (99), ambos na sala Tech, Joanna Monteiro (FCB global e presidente do Clube de Criação), na sala Pixel Voice, e Sergio Gordilho (Africa), como keynote no auditório principal.

Mais informações sobre a programação podem ser conferidas aqui. O festival é realizado com o apoio da Lei de Incentivo à Cultura e do Programa de Ação Cultural. É apresentado pelo Ministério da Cidadania, Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, Mercado Pago e Zupi. São patrocinadores também 3M, CMPC, Meio&Mensagem, Leo Madeiras e Oi.

Pixel Show

Mais espaço para experiências de VR

/