arrow_backVoltar

QUARTA MÍDIA

Mauro Salles cala platéia mal educada do Caboré

05.12.07

Merecedor do inédito Prêmio Caboré Especial, Mauro Salles conseguiu um feito inédito: calou totalmente a mal educada platéia de publicitários que lotou o Credicard Hall na cerimônia pelo Dia Mundial da Propaganda


Tributo a Mauro Salles 1


A coluna Quarta Mídia desta semana – publicada tão tarde dessa vez (20 horas) que quase sai na quinta-feira, correndo o risco de ser apelidada de “Mídia de Quinta” – começa com o relado de um acontecimento que merece ser enaltecido. Trata-se do tributo ao publicitário Mauro Salles, que ganhou o inédito Prêmio Caboré Especial em tradicional cerimônia realizada pelo jornal Meio & Mensagem para celebrar o Dia Mundial da Propaganda (4 de dezembro). Salles é uma sumidade no mercado, começou carreira atuando na área comercial de veículos até montar sua agência – a Salles – nos anos 60.


Tributo a Mauro Salles 2


Jornalista, advogado, publicitário e poeta, Mauro Salles foi um dos fundadores da TV Globo e atuou na área comercial do jornal O Globo (onde criou um dos primeiros cadernos de automóveis dos diários nacionais), além de ter tido uma rápida passagem pela TV Tupi, numa tentativa frustrada de salvamento da emissora que era conduzida por desastrada gestão no grupo Diários Associados. Depois de mudar de lado no balcão dos publicitários, ao abrir agência, Salles experimentou o sucesso e colocou sua empresa entre as maiores do setor no País.


Tributo a Mauro Salles 3


Mas o que realmente impressionou na homenagem a esta ilustre figura do mercado publicitário foi o silêncio absoluto, durante vários minutos, enquanto um debilitado homem proferia com muito esforço seu discurso de agradecimento pelo Caboré Especial. Quem esteve na cerimônia do Prêmio Caboré 2007 jamais irá apagar da memória o que aconteceu ali. Uma platéia em absoluto silêncio para ouvir as palavras do honorável Mauro Salles, que falou de sua trajetória profissional, sua família com 14 filhos, suas conquistas, sobre como celebrava vitórias e enfrentava derrotas, além de sua atual luta pela sobrevivência em um estado de saúde bastante debilitado. Amparado pelo filho Paulo, Mauro Salles fez o que este colunista nunca havia visto em dez anos seguidos de presença no Caboré: obteve total respeito da platéia, em silêncio absoluto, para proferir suas palavras. Ouvi-lo foi lindo.


Nota zero para a platéia


Exceto pelo respeito a Mauro Salles, a platéia do Prêmio Caboré merece nota zero. As pessoas ali presentes não têm o mínimo respeito para ouvir o que dizem os vencedores. O público, na verdade, liga menos para quem vence ou perde e se preocupa mais com o “ver e ser visto”. Então, aproveito o espaço dessa coluna para enviar meus parabéns aos vencedores e uma vaia às centenas de publicitários que não conseguem ficar de boca fechada (que me desculpem as exceções). Às vezes era impossível escutar o que o vencedor falava ao microfone. Trata-se de um evento em que se paga R$ 500 para estar presente, há um festival de grifes em ternos e vestidos para festa como embalagem dos mais importantes nomes da publicidade nacional que, pelo que demonstram, pouco querem ali além do oba-oba.


Para ler no molhado


A Trip Editora lança nos próximos dias uma novidade que é um exercício para a futura revista do verão. Ela colocou uma mini trip dentro do rótulo da água mineral Petrópolis, para ser lida na praia, na piscina ou em qualquer outro lugar. A tinta utilizada na confecção do produto é especial, à prova d’água, e o papel, mais resistente. Em breve deve surgir no mercado revistas que não estragam se forem molhadas. Será um sucesso.


Mais shows na Record


A TV Record está de olho em uma das loiras da linha de shows do SBT: Adriane Galisteu ou Hebe Camargo. A emissora do bispo Edir Macedo tem em seus planos o fortalecimento da linha de shows. As apostas são de que a mira está em Galisteu, que na Record faria um programa mais voltado ao público jovem. Questionado sobre o assunto, o vice-presidente comercial da Record, Walter Zagari, desconversa: “Nessa parte de conteúdo, sou sempre o último a saber das coisas”. Ele confirma apenas que o canal quer sim incrementar sua linha de shows. Vamos esperar 2008 para conferir.


Mídia indoor classe AA


A Indoormídia, de Hugo Pasquini, Adriano Nicolelis e Ângelo de Sá Jr., lança em parceria com Carlos Jereissati Filho, dono do grupo que atua no mercado de shopping centers, um novo serviço de mídia indoor no Shopping Iguatemi, em São Paulo. Trata-se de um sistema de mídia digital composto de 23 monitores de 23 polegadas que foram dispostos em vários pontos do mais badalado centro de compras da elite paulistana. As telas LCD foram inseridas na paisagem interna do Iguatemi pela arqueteta Cândida Tabet, que colocou os 23 monitores em posição vertical. A Indoormídia começou a oferecer os novos espaços publicitários nesta semana.



Por Marcelo Affini – quartamidia@ccsp.com.br


Comentários

Mau Filho - É o que muitos professores em salas de aula, de escolas ate universidades pedem; que calem a boca um pouco, ou desliguem o maldito celular enqto estiverem em sala.


Rei Juan - "Por que não te calas?"


Eduardo Lopes - Acho incrível chamar de honorável um homem que fez sua grande agência e sua fortuna com a ajuda da ditadura, que se colocou a serviço dos políticos mais corruptos que este país já viu e que sempre foi um grande mestre em lobby, não em publicidade.


sonia regina - Acho que o internacionalmente desconhecido Eduardo Lopes que escreveu o comentário acima, desconhece a história ou confundiu as fortunas. Mauro Salles participou ativamente "das diretas já" e liberava seus funcionários a irem na praça da Sé engrossar as fileiras das pessoas que iam aplaudir Tancredo Neves, e pedir diretas já, saimos juntos e eramos muitos da Rua Teixeira da Silva antigo endereço da Salles Interamericana de Publicidade. Mauro Salles é o homem mais gentil, carismático, educado e que conheci. Quanto a pláteia, acho que não fomos mal educados, estamos sempre em ebulição e o mundo sabe que somos assim, tenho a certeza que como eu, todos sabem repetir a mensagem de cada um dos premiados. sonia regina piassa


Criativo de Galochas - E eu digo mais: Educación del excremento!!!!


Analista da situação - A sonia regina demonstrou com o comentário que é uma das mal educadas na platéia ao repudiar a matéria e com o tratamento ao desconhecido Eduardo Lopes. Infelizmente a educação é desacompanhada de prêmios e altos salários.


 

QUARTA MÍDIA

Mauro Salles cala platéia mal educada do Caboré

/