arrow_backVoltar

Recapitulando o mês

Os fatos marcantes: Björk, IA da Microsoft, Apple Archive, CR7

31.01.20

Experiências e acontecimentos do mês que podem inspirar ou gerar insights – ou não – que passaram batidos por alguns, mas que a gente recupera.

- Björk é estrela de um projeto criado com a Microsoft e apresentado no hotel Sister City, de Nova York. A artista islandesa reuniu arranjos de corais que tinha em seus arquivos – uma produção de 17 anos - e esse conteúdo gerou uma composição batizada de Kórsafn (“kór” significa “coral” e “safn”, arquivos, em islandês). Entre eles estão pequenas pérolas como uma apresentação de um aclamado coral islandês com 50 pessoas que contava com Björk quando jovem, o Hamrahlid Choir. A experiência se tornou uma paisagem sonora. Quem entra no Sister City, ouve trechos recombinados desses arquivos, todos organizados por inteligência artificial (IA). Uma câmera no telhado do Sister City capta imagens e elas são entendidas pelo sistema cognitivo da Microsoft, que identifica pássaros, nuvens (se são cumulus ou nimbus, por exemplo), avalia as condições atmosféricas. Esses dados levam à criação dos sons de corais, que mudam em função do tempo, do dia, do barômetro. A esse respeito, Björk afirmou: “Uma estrutura arquitetônica no centro de Manhattan me ofereceu a mão em um tango de IA e eu atendi ao chamado (...). Ofereci a eles meus arquivos do coral, escritos ao longo de 17 anos que vão flutuar no pinball da inteligência artificial pela grade de migrações de pássaros, nuvens, aviões e aquela coisa voluptuosa chamada barômetro! Hudson Valley é um dos deltas mais frequentados por aves do planeta, eu sei disso por experiência própria…”.  Um vídeo da Microsoft explica o projeto. E as imagens da câmera do Sister City, bem como os arranjos, podem ser acessados aqui.

- Era para ser um espaço repleto de vídeos com algumas campanhas da Apple, além de outros documentos históricos (e até arquivos bem pouco conhecidos e algumas peças que não foram lançadas). Mas a Apple decidiu que era demais. Desse modo, o site Apple Archive, criado por Sam Henri Gold, teve seus vídeos do Vimeo suprimidos quase dez dias depois de ter sido disponibilizado para os fãs da marca. O endereço, que não é oficial, ainda contém fotos, links do YouTube e outros materiais para os Applemaníacos se entusiasmarem. Gold estampou logo na home do site “Meus vídeos podem ter sido derrubados, mas meu espírito está de pé” (tradução livre). Ele dedica o projeto a designers, redatores, produtores, diretores de arte e diretores de criação "que fizeram coisas maravilhosas. E também a quem ficou acordado até tarde e levantou cedo para pegar o iMac e recriar slides de keynotes".

- Cristiano Ronaldo tem mais um feito em sua história. No dia 29, o jogador atingiu a marca de 200 milhões de seguidores no Instagram. Um recorde. Nesse sentido, ele supera – e muito – o argentino Lionel Messi (142 milhões), podendo ostentar tranquilamente o título de rei do Instagram. Em segundo lugar, está Ariana Grande, com 173 milhões. Dwayne Johnson soma 170 milhões. Selena Gomez (167 milhões) e Kylie Jenner (160 milhões) completam o top 5. O título de popularidade entre os brasileiros vai para Neymar, que é acompanhado por 132,5 milhões de pessoas. Para conferir o perfil do jogador, basta clicar aqui.

- Woven City é o projeto que o CEO e presidente da Toyota, Akio Toyoda, apresentou na CES 2020, no início do mês (veja o vídeo abaixo). É uma cidade inteligente a ser instalada na base do Monte Fuji, no Japão. Considerada um “laboratório vivo”, a Woven City deve ser aberta no início de 2021 e terá 2000 moradores vivendo lá em tempo integral. Também será habitada por pesquisadores que vão testar e desenvolver tecnologias para que o lugar tenha carros autônomos, sistemas robóticos, smarts homes e ainda seja mais verde, com placas de energia solar e hortas. A indústria automotiva tem buscado formas de lidar com as questões mais prementes da humanidade, como a mobilidade e a sustentabilidade. Afinal, é um setor que gera muitos impactos negativos quando se trata da saúde do planeta. Para desenvolver a cidade inteligente, a Toyota convocou o arquiteto dinamarquês Bjarke Ingels, fundador e diretor criativo do Big (Bjarke Ingels Group). Ele e seu time respondem por projetos como a Lego House, da Dinamarca, e as sede do Google em Mountain View e em Londres.

Recapitulando o mês

Os fatos marcantes: Björk, IA da Microsoft, Apple Archive, CR7

/