arrow_backVoltar

Copa do Mundo de Futebol Feminino

Empresas incentivam funcionários a assistir jogos

06.06.19

Com a proximidade da Copa do Mundo de Futebol Feminino, que começa nesta sexta-feira (07), muitas empresas no Brasil já anunciaram iniciativas para incentivar seus colaboradores a torcer pela Seleção Brasileira.

O grupo de inclusão e diversidade “Nós”, da Leo Burnett Tailor Made, irá oferecer um espaço com telão e pipoca para que os colaboradores assistam ao jogo de estreia, entre França e Coreia do Sul, nesta sexta-feira (07), às 16h. Além disso, em todos os andares da agência, televisores estarão ligados na transmissão.

A iniciativa deverá ter continuidade na próxima partida da Seleção Brasileira, exibida durante a semana, quando a agência realizará um debate com atletas e jornalistas mulheres que cobrem esportes, abordando a inclusão feminina em práticas esportivas ainda consideradas predominantemente masculinas.

Já a gigante de chocolates Hershey anuncia que haverá jornada especial de trabalho para os dias de jogos da Seleção Brasileira, similar ao que acontece na competição masculina. Na primeira fase, os funcionários poderão assistir aos jogos em salas do escritório da companhia em São Paulo, na fábrica em São Roque e também no Centro de Distribuição em Guarulhos. Já no dia 18 de junho, o expediente será encerrado às 15 horas, para que os profissionais possam assistir à partida com familiares e amigos.

"A igualdade faz parte dos valores da Hershey, por isso, da mesma forma que nos preparamos e incentivamos a seleção masculina, queremos fazer com a seleção feminina, aumentando a torcida durante os jogos", comenta Ana Costa, diretora de RH da Hershey Brasil.

Recentemente, a P&G anunciou que irá transmitir os jogos da Seleção Brasileira aos seus funcionários em sua sede no Brasil (leia  aqui) e o Grupo Boticário informou que vai interromper suas atividades para que os colaboradores acompanhem às partidas (aqui).

O Twitter, por sua vez, incentiva o público em geral a acompanhar e se engajar nas conversas sobre os jogos, lançando o #TweetDePlaca (#GoldenTweet).

A iniciativa elegerá os melhores tuítes feitos sobre o torneio globalmente. Ao longo das partidas, a rede social promete identificar e selecionar as mensagens sobre o torneio com melhor engajamento e boas práticas de conteúdo.

Após a partida final, um júri composto por tuiteiras analisará os finalistas no Brasil e elegerá o #TweetDePlaca em quatro categorias: tuíte de torcedor, jogador, jornalista e marca. Também será selecionado o melhor tuíte global - #GoldenTweet. O vencedor será determinado de acordo com o número de engajamento.

 

Copa do Mundo de Futebol Feminino

Empresas incentivam funcionários a assistir jogos

/