arrow_backVoltar

Coronavírus 4

KFC e Coors Light também mudam estratégias de comunicação

12.03.20

A rede de fast food KFC suspendeu temporariamente uma campanha britânica que se concentra em pessoas lambendo os dedos, após a Advertising Standards Authority, órgão que regula a publicidade no Reino Unido, ter recebido 163 reclamações de que o conteúdo era impróprio durante o surto de coronavírus.

Criado pela Mother de Londres, o filme para TV (assista aqui) mostra consumidores lambendo os dedos enquanto comem os frangos do KFC, ao som de uma música de Chopin ao piano. A comunicação, lançada em fevereiro, também incluía cartazes.

"O KFC já tinha tomado a decisão de parar de veicular a campanha antes que nós os informássemos sobre as queixas. Com base nisso, não vamos tomar qualquer outra medida nesta ocasião", comentou um porta-voz da ASA.

O surto de coronavírus também foi responsável por uma mudança na estratégia publicitária da Coors Light. A marca de cerveja planejava exibir, durante o campeonato de basquete universitário "March Madness", um comercial chamado "Official Beer of ‘Working’ Remotely", criado pela DDB Chicago. Mas por conta da pandemia, o anunciante está segurando a veiculação da peça.

"A última coisa que queremos é que nossa comunicação pareça insensível ou seja mal interpretada", afirmou Michelle St. Jacques, chief marketing officer da Molson Coors. O filme será substituído por outro focado no produto.

A Hershey Co. também tirou do ar dois comerciais focados na interação humana, substituindo-os por outros que trazem apenas barras de chocolate, texto e narração, leia aqui.

Coronavírus 4

KFC e Coors Light também mudam estratégias de comunicação

/