arrow_backVoltar

Mercedes e cia.

Reacomodação de contas da F/Nazca pode acontecer

06.09.19

Publicis Emil, operação criada globalmente em fevereiro de 2018 para atender com exclusividade Mercedes-Benz (leia aqui), e que no Brasil fica sob a batuta da F/Nazca Saatchi & Saatchi (aqui), poderá ser incorporada, por alinhamento internacional, à Talent Marcel.

Até recentemente, a Talent tinha em seu portfólio outra marca da indústria automotiva - Honda - mas o anunciante concluiu, no último mês de julho, processo de concorrência que teve como vencedora a Publicis Brasil (leia aqui). Dessa maneira, não existirá mais conflito caso a Talent Marcel passe mesmo a cuidar de Mercedes, via Publicis Emil.

Talent e F/Nazca não confirmam a informação.

Após a saída de Fabio Fernandes (aqui), este seria o primeiro movimento do Grupo Publicis em relação à F/Nazca, que poderá passar a se chamar apenas Saatchi & Saatchi, também segundo especulações.

O nome Nazca foi adotado pela Saatchi & Saatchi na América Latina em meados dos anos 1990, primeiramente pela Nazca S&S, de Porto Rico e Trinidad, para atender Toyota. Depois pela Lautrec Nazca S&S, da Argentina, também para atender Toyota. E mais tarde pela Del Campo Nazca S&S, capitaneada por Pablo Del Campo, também na Argentina, e pela F/Nazca S&S, de Fabio Fernandes, focada neste início em Skol.

Aliás, outra movimentação recente foi a saída de Skol, 23 anos depois de chegar à casa, rumo à agência GUT (aqui).

Contas do BTG Pactual e de Shell também estariam avaliando ficar ou não na F/Nazca.

Trident (Mondelez) se sair da F/, deve continuar no Grupo Publicis, por conta de alinhamento internacional, como acontece com Mercedes.

A F/Nazca é a 25ª maior agência de publicidade do Brasil, segundo o ranking de investimentos em mídia do Kantar Ibope de janeiro a junho de 2019 (aqui). Em junho de 2018 ela ocupava a 16ª posição.

 

 

Mercedes e cia.

Reacomodação de contas da F/Nazca pode acontecer

/