arrow_backVoltar

Nota de Falecimento

André Midani, aos 86 anos

15.06.19

O produtor musical André Midani morreu, na noite desta quinta-feira (13), aos 86 anos, em decorrência de um câncer. Ele estava internado na Casa de Saúde São Vicente, no Rio de Janeiro.

Nascido na Síria, em setembro de 1932, um dos maiores ícones da indústria fonográfica foi decisivo para o lançamento da bossa nova no Brasil, país que adotou como casa desde 1955 (egresso da França), e para divulgação do gênero musical para o mundo.

Trabalhou na gravadora Odeon (atualmente EMI), no final da década de 1950. Comandou a filial brasileira do conglomerado Phonogram/Philips, entre as décadas de 1960 e 1970, tendo lançado artistas como Raul Seixas e Tim Maia e trabalhado com nomes como Tom Jobim, Elis Regina e Gilberto Gil.

Considerado pela revista Billboard uma das 90 pessoas mais importantes da indústria mundial de discos, mudou para Nova York em 1990, quando assumiu a presidência da Warner para a América Latina e voltou ao Brasil no começo dos anos 2000. Foi homenageado pelo governo da França em 2005.

 

Nota de Falecimento

André Midani, aos 86 anos

/