arrow_backVoltar

Nova identidade sonora

Metrô de SP se inspira em “O trenzinho do caipira”

13.02.20

Após 25 anos, o Metrô de São Paulo decidiu mudar sua comunicação sonora em trens e plataformas das linhas que opera: Azul, Verde, Vermelha e Prata (as demais são administradas por outras empresas). Para aproximar a companhia de seus quatro milhões de passageiros diários e fortalecer a cultura brasileira, a produtora de som Lógico! Music desenvolveu a nova identidade sonora tomando como base a música “O trenzinho do caipira”, parte das Bachianas Brasileiras Nº2, de Heitor Villa-Lobos.

Milton Miné, sócio e diretor criativo da Lógico!, conta que a produtora foi consultada pela Adag, agência que atende a companhia, sobre a necessidade de modernizar a mensagem mantida com os passageiros dentro de trens e estações. “Entendemos que, na verdade, se tratava da reestruturação da comunicação sonora do Metrô”, explica. A reformulação completa do sistema incluía também um logo sonoro.

A sugestão do tema de Villa-Lobos veio de Celso Piratininga, CEO da Adag, que também é músico. “Nada mais pertinente do que uma música que se conecta com a cultura do Brasil, unindo a memória afetiva trazida pela ideia da viagem de trem e a emoção trazida pela grandiosidade da composição”, diz Miné. Foram necessários diversos experimentos para que fosse escolhido o trecho que tivesse mais identificação com a proposta e que fosse de fácil memorização.

Além da criação do logo sonoro, o projeto promoveu a reformulação dos avisos sonoros veiculados nos trens e nas plataformas. As mensagens chegam aos passageiros nas vozes da apresentadora Juliana Veiga e do locutor Dario Forghieri (em português) e da atriz Pamela Martini (em inglês).

Confira aqui a nova identidade sonora do Metrô de São Paulo.

Nova identidade sonora

Metrô de SP se inspira em “O trenzinho do caipira”

/