arrow_backVoltar

QUARTA MÍDIA

Novas revistas irão às bancas em 2008

12.12.07

Confira quais são as novidades editoriais que Abril, Globo, Três, Escala, Símbolo, Dória & Associados e Glamurama preparam para no próximo ano.


Novos títulos 1


Ao contrário dos que pensam que não há mais espaço para novos títulos no saturado mercado brasileiro de revistas, as editoras já têm prontos os seus planejamentos para 2008. E o ano novo contará com lançamentos de títulos pela maioria das grandes editoras nacionais. Na Abril há um grupo trabalhando em um novo título, mas o projeto sequer tem previsão para chegar às bancas. A editora da família Civita – a maior indústria de revistas da América Latina – esconde seus planos para o ano que vem. Se novos títulos ainda não aparecem no horizonte da Abril, algumas novidades organizacionais são articuladas, sobre as quais você, leitor, pode se informar quando chegar na última nota da coluna Quarta Mídia desta semana.


Novos títulos 2


A primeira novidade do ano é a JP Viaja, da Editora Glamurama, de Joyce Pascowitch. Terá matérias de turismo nacional e internacional, 96 páginas e 30 mil exemplares. A empresa de Joyce mostra arrojo ao promover um lançamento de revista em janeiro, já que os dois primeiros meses do ano são tradicionalmente o pior período para as editoras. Eis Joyce mais uma vez rompendo paradigmas.


Novos títulos 3


Joyce lançou há pouco mais de um ano sua revista própria, a Joyce Pascowitch, que está com a edição número 15 nas bancas. O título tem um tamanho menor (16,5 x 23 centímetros) que era pouco usado no Brasil e agora passou a ser adotado pela Abril, na revista Gloss, e em breve será assumido também pela Globo, na Criativa. O maior louvor para a revista Joyce Pascowitch, porém, vai para o fato de ela não ter tido nenhuma edição no vermelho, algo incomum no mercado editorial brasileiro, principalmente para títulos em início de carreira.


Novos títulos 4


Chegará às bancas em março a nova revista da Dória & Associados Editora. O nome da publicação será César e seguirá a tendência editorial da Joyce Pascowitch, tendo o ex-colunista do Estadão, César Giobbi, como editor responsável. O título terá periodicidade bimestral, mas apenas cinco edições por ano, pois a edição que seria correspondente ao bimestre janeiro/fevereiro não tem planos de ser produzida.  


Novos títulos 5


Também está prevista para ser lançada em março – conforme essa coluna revelou em primeira mão (confira aqui) – a Época São Paulo, título da Editora Globo voltado para a Grande São Paulo que será distribuída de forma integrada à revista Época, de circulação nacional. A Editora Globo não comenta o assunto oficialmente, mas as informações são de que esse não será o único lançamento da empresa para 2008. Um outro título, voltado ao universo masculino, pode ser apresentado ao mercado no segundo semestre.


Novos títulos 6


Em março ou abril o meio revista passará a contar com a versão brasileira da norte-americana Maxim Magazine, cujo enfoque editorial está em matérias de comportamento voltadas ao público masculino. A Editora Escala já teria fechado um contrato de licenciamento com os detentores da marca internacional. Há alguns meses um grupo de representantes da Maxim Magazine passou por praticamente todas as editoras brasileiras oferecendo o título. Além da Escala, mais uma editora estava interessada em sua publicação, mas acabou não levando os direitos.


Novos títulos 7


Vale lembrar que a Escala acabou de lançar a versão brasileira da Car & Driver. O título foi muito bem sucedido em sua edição de estréia: teve tiragem inicial de 130 mil exemplares – com circulação auditada pela Trevisan – e cerca de 170 páginas, das quais 40 foram de publicidade. Car & Driver já circulava em oito países e a edição brasileira pode adaptar conteúdo de qualquer uma de suas edições internacionais, segundo interesse dos editores nacionais. 


Novos títulos 8


Depois de passar por um ano de adaptação à sua nova realidade no mercado, gerada com o “encolhimento” de suas atividades e estrutura, a Editora Três é outra que planeja novidades para 2008. A empresa de Domingo e Carlos Alzugaray estuda lançar uma revista feminina no segundo semestre, segmento que ela ainda não explora.


Novos títulos 9


A Símbolo pretende ampliar a sua linha de produtos para o público masculino, segmento em que já atua com a revista Universo Masculino, ou UM. A empresa de Joana Woo e Roberto Melo prorrogou para o início de 2008 o lançamento de seu portal Símbolo Homem, antes previsto para o final deste ano, e tem planos de colocar um novo título para homens no mercado, mas esse projeto ainda é mantido em segredo na empresa. Além do portal e das revistas, a Símbolo quer investir em eventos voltados para esse público.


Corredor Press da Abril


Não há nada oficial da Editora Abril, mas informações correntes na empresa dão conta de que poderá ser lançada em breve uma nova unidade de negócios. Trata-se de um núcleo Premium, em que seriam encampados títulos e eventos voltados para o público classe AA, como a revista Classe A e uma grande iniciativa para o inverno em Campos do Jordão, entre outros projetos. O chamado “Corredor Press” ainda dá conta de que o jornalista Pedro de Souza, há anos correspondente da editora em Paris, poderia vir para São Paulo assumir posto que era de Sidney Basile, que na semana passada foi promovido a vice-presidente de Relações Institucionais da Abril.



Por Marcelo Affini – quartamidia@ccsp.com.br

QUARTA MÍDIA

Novas revistas irão às bancas em 2008

/