arrow_backVoltar

The Broken Bride Registry

Campanha alerta para violência conjugal contra mulheres

04.10.18

Produtos como "Óculos de sol chorei-a-noite-toda" ou "Ataduras ciumento-raiva" são algumas das "ideias para presentes" sugeridas pela campanha canadense The Broken Bride Registry, criada pela agência Union, de Toronto, para a ONG Interval House, com o objetivo de aumentar a conscientização sobre o abuso conjugal, que é a principal forma de violência contra as mulheres no Canadá.

Cada produto corresponde a uma história real de abuso. Por exemplo, as ataduras simbolizam a luta de uma mulher esfaqueada pelo marido pouco antes do Natal.

Embora não estejam realmente à venda, os itens foram expostos no Canada Bridal Show em Toronto, servindo como suporte para uma experiência interativa desenvolvida pela Union.

"Francamente, não achamos que nenhuma feira de noivas concordaria com a ideia, então ficamos empolgados quando uma das maiores e mais conhecidas do país concordou em nos dar um estande", conta Rica Eckersley, diretora de criação da Union.

"Houve certamente um elemento de choque e muitas pessoas reagiram muito emocionalmente", observa. "Uma mulher contou que sua irmã escapou de um relacionamento abusivo. Um homem compartilhou sua experiência de abuso, dizendo que foi a primeira vez que ele conseguiu falar sobre essa experiência. Outra mulher chorou abertamente, dizendo que as histórias a lembravam do abuso que acontecia em sua família, já que seu avô abusou da avó por anos".

Durante os três dias do evento, profissionais da Interval House estavam presentes no estande para oferecer conforto e aconselhamento a quem precisasse.

Confira os itens sugeridos e mergulhe nas histórias de seis mulheres vítimas de abuso no site da campanha, que também recebe doações. Assista ainda ao filme que apresenta a iniciativa, abaixo.

The Broken Bride Registry

Campanha alerta para violência conjugal contra mulheres

/