arrow_backVoltar

Future 100

JWT destaca tendências ligadas às mulheres

08.03.19

No Dia Internacional da Mulher, comemorado nesta sexta-feira (08), o Innovation Group, unidade de consultoria de prognósticos de tendências da  J. Walter Thompson Intelligence destaca algumas transformações relacionadas ao universo feminino, detectadas pelo relatório "Future 100: tendências e mudanças a serem consideradas em 2019".

Confira abaixo oito dessas tendências que ganharão destaque este ano e que impactam as mulheres:

Redefinição da maternidade
A visão das mães como cuidadoras passivas migra para uma linguagem de empoderamento que acaba com a dicotomia "maternidade ou carreira" e lança uma luz sobre a definição ampliada da maternidade moderna. As mulheres estão liderando um novo diálogo positivo sobre o significado de ser mãe.

Educação financeira para empoderar a mulher
Devido ao forte impulso do movimento #MeToo e às notícias a respeito da diferença salarial entre homens e mulheres, surgem novos projetos que oferecem educação financeira às mulheres jovens, fundamentais para a estabilidade econômica global uma vez que, por exemplo, estima-se que até 2020 as mulheres controlem dois terços da riqueza dos EUA.

Beleza grotesca
As pessoas reconhecem a beleza como uma forma de transformação e de autoexpressão, e as cicatrizes, o grotesco e o imperfeito fazem parte disso. As marcas devem prestar atenção a esta estética imperfeita que está ganhando mais força a cada dia.

Quebrando tabus
Atualmente, a mulher fala publicamente e pode levantar problemas relacionados à saúde vaginal, mudanças de humor, aceitação do seu corpo, entre outros.

Maquiagem transformer
No Instagram, os cosméticos que permitem brincar com as cores e se transformar são uma tendência. Mudar a cor dos cabelos fugindo da paleta tradicional, usar tons gritantes, criar novas texturas na pele. As maquiagens chamativas ganham protagonismo.

Empoderando a adolescência
As meninas se apropriam das mudanças da puberdade, das espinhas até a menstruação, e as marcas acompanham esse processo. Além disso, a geração Z rejeita a ideia homogeneizada "one size fits all" de beleza e, à medida que passam a ter poder de compra, as marcas terão de ajustar as suas estratégias para continuarem importantes.

A solteirice se torna atraente
O número de pessoas solteiras de todas as idades cresce em todo o mundo, e os estereótipos antigos sobre ser solteiro são repensados. A idade adulta e a maneira com a qual as pessoas vivem está se tornando algo muito mais individual, ao passo que as pessoas escolhem caminhos diferentes. Os papéis sociais que modelavam a vida das mulheres têm sido questionados e isso gera novos formatos, com mais liberdade e independência feminina. Os solteiros representam hoje uma grande oportunidade, empoderada e pan-geracional para as marcas.

Serviços freelance em alta
O trabalho autônomo continua em alta e surgem os espaços de coworking, crescendo a um ritmo anual de 20% em cidades como Londres, Nova York e Chicago. Aparecem também iniciativas como a "The Wing", uma rede de espaços de trabalho compartilhado e de comunidade criados especificamente para mulheres nos EUA, no Canadá e na Inglaterra.

 

Future 100

JWT destaca tendências ligadas às mulheres

/