Esqueceu sua senha?

Insira o e-mail cadastrado que enviaremos as instruções

Quer receber as notícias do
Clubeonline em primeira mão?

Seu nome deve conter ao menos 2 caracteres. Quero receber informações de terceiros ENVIAR Quero ver a última edição

Enviar por email

Seu nome deve conter ao menos 2 caracteres. O nome do destinatário deve conter ao menos 2 caracteres. Digite um email válido. ENVIAR

Site oficial do
Clube de Criação

SITE OFICIAL DO
CLUBE DE CRIAÇÃO

Acesso exclusivo para
sócios corporativos:
Esqueci minha senha
Ainda não é cadastrado?
Seja Sócio do Clube de Criação

O CLUBE

LOJA

NEWSLETTER

Últimas

por Laís Prado

Internacional

Depois de polêmica

Jason Peterson deixa Havas North America

08
novembro
2018



Jason Peterson, diretor de criação da Havas North America, está deixando a empresa "em mútuo acordo", confirmou a agência nesta quinta-feira, informa o AdAge.

A mudança acontece um dia depois que o jornal especializado norte-americano publicou reportagem sobre uma suposta cultura interna polarizadora da Havas Chicago.

Em um e-mail interno, a empresa agradece a Peterson "por suas contribuições à nossa organização na América do Norte e [deseja-lhe] tudo de melhor no futuro". O e-mail interno foi assinado por Yannick Bollore, CEO da Havas.

Para apurar a matéria sobre a suposta cultura interna da Havas Chicago, AdAge informa ter ouvido uma dúzia de funcionários atuais e antigos, sob condição de anonimato. Eles descreveram um ambiente polarizado, onde alguns prosperam e outros se sentem isolados.

Peterson chamou a atenção depois que um vídeo interno da Havas apareceu no app Fishbowl e provocou uma onda de comentários negativos sobre a indústria. No vídeo, que também contou com a participação do CEO e presidente da Havas Creative North America Paul Petobella, Peterson caracterizou concorrentes como Leo Burnett, FCB e BBDO como "agências de merda", com emojis de cocô (e efeitos sonoros) aparecendo na tela. O CEO do Leo Burnett Group, Andrew Swinand, respondeu em email: "Ele está certo, Havas definitivamente não tem como competir com a Leo Burnett e provavelmente deve estar preocupada em perder negócios para crianças com iPhones". FCB e BBDO se recusaram a comentar. Leia mais sobre o assunto aqui.