Esqueceu sua senha?

Insira o e-mail cadastrado que enviaremos as instruções

Quer receber as notícias do
Clubeonline em primeira mão?

Seu nome deve conter ao menos 2 caracteres. Quero receber informações de terceiros ENVIAR Quero ver a última edição

Enviar por email

Seu nome deve conter ao menos 2 caracteres. O nome do destinatário deve conter ao menos 2 caracteres. Digite um email válido. ENVIAR

Site oficial do
Clube de Criação

SITE OFICIAL DO
CLUBE DE CRIAÇÃO

Acesso exclusivo para
sócios corporativos:
Esqueci minha senha
Ainda não é cadastrado?
Seja Sócio do Clube de Criação

O CLUBE

LOJA

NEWSLETTER

Últimas

por Laís Prado

Cannes Lions

Lions Festivals 2017

Meet Graham seria inspirado em trabalho de 1985?

19
junho
2017



Vencedor de Grand Prix na categoria Health & Welness do Lions Health, “Meet Graham”, da Clemenger BBDO (Nova Zelândia) para a Transport Accident Comission (TAC), é um projeto que chegou com força em Cannes.

O objetivo final da iniciativa é fazer as pessoas dirigirem com mais cautela no trânsito.

A ação envolveu a artista Patricia Piccinini, o cirurgião Christian Kenfield e o engenheiro de segurança de estradas David Logan na missão de criar um corpo humano capaz de sobreviver às forças que nos afetam em um acidente de carro. O médico foi responsável por entender as reações do corpo durante um acidente, enquanto o engenheiro fez os cálculos físicos sobre o impacto. Coube à artista criar a figura de Graham - a representação de como deveria ser nosso corpo para suportar bem um acidente. Mais que isso: um boneco que nos faria lembrar o quanto nossos corpos são vulneráveis. Ele nasceu para nos mostrar que acidentes a 30 quilômetros por hora já podem ser fatais. 

Até aí tudo ótimo. Belo projeto. Mas em termos de elegibilidade para prêmios, tem gente aqui em Cannes levantando algumas dúvidas. O que, inclusive, já teria prejudicado sua coleção de troféus. E não só aqui. Por exemplo, matéria no site da revista alemã Horizont, focada em propaganda, pergunta: "Seria a ideia de Graham roubada?". O trabalho teria sido inspirado em um outro projeto, lançado em 1985 (faz tempo), chamado "Anti-smoking - natural born smoker". Esse projeto descrevia como teria de ser um homem para poder fumar sem sofrer consequências. Veja o vídeo, abaixo. Em seguida, veja o vídeo de "Graham".

O comercial anti-tabagismo dos anos 1980 mostrava as características físicas que uma pessoa deveria possuir para ser imune aos efeitos nocivos do tabagismo. Seguindo este mesmo princípio, "Meet Graham" busca o corpo perfeito contra os efeitos de acidentes de carro. 

O fumante teria inspirado "Graham"? Ou isso tudo é apenas coincidência?

Leia tudo sobre o #ClubeinCannes aqui.