Esqueceu sua senha?

Insira o e-mail cadastrado que enviaremos as instruções

Quer receber as notícias do
Clubeonline em primeira mão?

Seu nome deve conter ao menos 2 caracteres. Quero receber informações de terceiros ENVIAR Quero ver a última edição

Enviar por email

Seu nome deve conter ao menos 2 caracteres. O nome do destinatário deve conter ao menos 2 caracteres. Digite um email válido. ENVIAR

Site oficial do
Clube de Criação

SITE OFICIAL DO
CLUBE DE CRIAÇÃO

Acesso exclusivo para
sócios corporativos:
Esqueci minha senha
Ainda não é cadastrado?
Seja Sócio do Clube de Criação

O CLUBE

LOJA

NEWSLETTER

Últimas

por Laís Prado

Campanhas

Protect Our Freedom to F*ck

Planned Parenthood em criação da BBH

10
julho
2018



A ONG Planned Parenthood de Nova York (PPNYC) mostra moradores da cidade dizendo "f*ck", em uma série de referências às lutas comuns da vida metropolitana. Mas não se trata de um xingamento, mas sim, de um encorajamento.

Os nova-iorquinos fazem mais sexo do que qualquer outro norte-americano, de acordo com pesquisas realizadas por marcas de preservativos, e a Planned Parenthood quer que o sexo seja seguro.

Isso significa fornecer acesso a contraceptivos, profilaxia, educação sexual, exames de bem-estar e preventivos e tratamento de DSTs, todos disponíveis pela PPNYC, por baixo custo ou mesmo gratuitamente.

No entanto, isso está sendo ameaçado por legisladores norte-americanos empenhados em restringir cuidados de saúde relacionados ao sexo. "Defund Planned Parenthood" tornou-se um grito de guerra para o Partido Republicano.

A campanha "Protect Our Freedom to F*ck" (assista ao filme abaixo), assinada pela BBH, foca nos jovens Millennials e, além do comercial, é composto por peças para redes sociais, OOH, mídia impressa, entre outras.

Randy Krallman, da Smuggler, assina a direção do filme, que tem 45 segundos.