arrow_backVoltar

+ Coronavírus

DC reimagina logos em meio à pandemia

17.03.20

O diretor de criação Jure Tovrljan, da Eslovênia, imaginou como seria a reformulação de logomarcas famosas readequando-as à realidade da pandemia de coronavírus.

Os círculos de Mastercard e os anéis dos Jogos Olímpicos, por exemplo, agora mantêm distâncias seguras entre si.

Sob o swoosh da Nike, a frase muda para "Just don't do it". A sereia da Starbucks usa uma máscara protetora. A silhueta do jogador de basquete na logo da NBA passa a estar na frente de um laptop. O LinkedIn vira "LinkedOut" e no símbolo da Corona Extra agora se lê "Need new name".

Confira aqui todas as logomarcas redesenhadas por Tovrljan.

Os símbolos propostos pelo DC não foram, de fato, adotados pelas empresas, mas uma outra companhia, o Mercado Livre, decidiu realmente trocar sua logomarca em meio ao surto de coronavírus, trocando as mãos dadas por um toque de cotovelos, leia e veja aqui.

+ Coronavírus

DC reimagina logos em meio à pandemia

/