arrow_backVoltar

Não ao Futebol Moderno

Criativos exaltam virtudes como 'raça' e 'empatia', em projeto

04.07.19

Os diretores de arte Marcelo Machioni (FCB) e Felipe Zola (Serasa Consumidor) assinam um projeto pessoal chamado "Não ao Futebol Moderno", uma página no Instagram que tem o objetivo de reunir posts que destaquem "jogadores com virtudes do verdadeiro futebol".

Os criativos elegeram 11 jogadores (em atividade ou já aposentados) - como Rogério Ceni (ex-goleiro e atualmente técnico do Fortlaeza) e Paulo André (ex-zagueiro e agora diretor do Athletico Paranaense) - para defender que o "futebol ainda tem solução". O caminho, segundo eles, seria valorizar "os verdadeiros" atletas.

"O futebol está se tornando algo chato, cheio de frescuras e vazio. Virtudes como raça, amor à camisa, técnica e empatia estão cada vez mais raras de se ver", declaram os idealizadores do projeto.

Além da página no Instagram, eles assinam diversos pôsteres para download. Os interessados em baixar as peças devem fazer o pedido por e-mail: nfutebolmoderno@gmail.com.

 

Não ao Futebol Moderno

Criativos exaltam virtudes como 'raça' e 'empatia', em projeto

/